Mauro – Conclusão

O tema de nosso trabalho não é algo irrelevante – é o estudo dos primeiros passos de uma “geração”.

Como sempre, há muito falatório, mas apenas o tempo futuro nos demonstrará o desfecho dessa história… futuro por vezes visto como obscuro, por vezes visto como revolucionário.

É inquestionável que com o passar dos séculos, mais sedentário e preguiçoso vai ficando o homem, e, de acordo com alguns estudos, menos inteligente (lembrando que nível de instrução não é a mesma coisa que nível de inteligência).

Tudo fica cada vez mais fácil… “geração CTRL-C CTRL-V não se esforça para concluir algo, já que a conclusão de alguém já está a disposição” – isso é meio generalista, e não há dúvida de que a receita não se aplique a todos, mas talvez a uns 90%. E negue quem quiser negar, mas a verdade está aí (olhe bem ao seu redor!), só não percebe quem é muito otimista,  ao ponto da ingenuidade, em crer que 100% das pessoas preferem o esforço ao invés da facilidade…

Pessoas andando como verdadeiros “zumbis” pelas ruas, olhando concentradas para seus celulares, tablets, pda’s… amigos saindo para se reunirem (isso está ficando cada vez mais raro! Reunião agora é através do frio facebook), mas acabam reunidos com seus tablets e smartphones, muitas vezes deixando a conversa humana, cara-a-cara em segundo plano.

É inegável que realmente o acesso a informação e instruções está cada vez mais fácil – o que também não diz nada – saber quase nada sobre tudo talvez demonstre-se tão inútil como saber tudo sobre nada.

Tempo… essa é a reposta!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s